6 de outubro de 2012

LEITURA: CAFÉ SOLÚVEL E INSTANTÂNEO


A relações hoje são como o café solúvel e instantâneo. Solúveis porque se desfazem na solubilidade moderna, intensas e fortes como café, mas essencialmente instantâneas. Também podem ser amargas ou até doces, serem incrementadas com outros sabores, mas todas deixam-se com um certo gosto no paladar. Além de tudo o café é líquido, afinal nesses tempos nada de relações sólidas. Aliás, liquidificaram as sensações e você sente uma mistura de tudo, para não aprender a aproximar-se aos poucos, a sentir aquela pessoa, vem tudo de uma vez como o vigor da cafeína. São igualmente estimulantes e viciantes, porém podem te dar azia, (afinal melhor é não relacionar-se e quanto mais rápido, fugaz, - melhor). Você garante que sentiu o sabor mas não deixou tempo para terminar a xícara, ou para acompanhar até uma próxima cafeteria. Quando vês já passou e já queres um novo sabor, porque sua língua também não tolera a solidão. Ainda, deve ser fácil e prático, porque não temos horas para dispender nesse caminho. Melhor ainda se bem industrializado, com muito pó no rosto e pouco desgosto, ainda tem o preço, um café é barato para todo o bolso. E o barista do tempo moderno deixa tudo cada vez mais expresso, mais curto e pingado, ou dilui tudo em um café americano porque são poucos que querem poder saborear o grão e apaixonar-se sem pressa ou a expressar-se além cafeína.
Mayara Floss

 Xoxo, Paula

Nenhum comentário

Postar um comentário

Rainha da Simpatia | Todos os direitos reservados 2016 © | Desenvolvimento: