Image Map



Pulseiras: o acessório diverso!

31/01/15


Olá! Bem venho aqui com meu primeiro post apresentar um dos meus acessórios preferidos, pulseiras. Aqui estão algumas que estão sempre comigo, ou em diferente ocasiões. É interessante como um acessório como esse pode mudar seu look!


Não há mulheres que não amem pérolas, elas são lindas, clássicas, elegantes e atemporais, pois não importa a época que você esteja, as pérolas estarão sempre na moda, sejam maiores, menores ou coloridas. Elas simbolizam feminilidade, e sofisticam a peça que esteja usando. Gosto muito das pérolas brancas e investir nelas realmente vale a pena.


As pulseiras de franjas, podem ser de vérios materiais e cores e tem um lindo movimento, não envolvendo nenhum problema com usar outro acessórios como bolsas ou roupas que também tem franja. Pode ser usada também com outras pulseiras, que sejam de acordo com a sua preferência.


Quando acompanhadas de pedras grandes, são lindas, mas sempre tomem o cuidado de qual roupa acompanhar. Pedras de várias cores, ou só uma, dão elegância e também, é bom evitar usar grandes anéis na mesma mão.


Adoro prata e pedras claras. Seja a pulseira maior (como na primeira imagem), até alonga o pulso pra falar verdade, mas é simplesmente linda e da certo com qualquer roupa! Mais indicada para o uso a noite. Já as três (segunda imagem), são para qualquer horário. Podendo ser usadas ou só a maior (primeira da esquerda) ou as duas da direita juntas.


Relógios são um acessório maravilhoso e muito marcante. Seja antigo, prata, dourado, grande ou pequeno, ou qual for a marca, acrescentam qualquer look. Este meu relógio é importado, da Aero, e contar para vocês que ele é de elástico (o fio eléstico junta suas peças!), ele sai apenas puxando e não é nada pesado. Amo o detalhe cristalizado no fundo, e fica ao seu gosto acompanhá-lo de alguma pulseira, mas que não seja maior que o relógio!


Pedras coloridas são lindas; as da primeira imagem, deixam o look super delicado podendo acrescentar mais pulseiras do tom se desejar. Eu adoro usá-las pois tenho o colar e brinco com a mesma pedra e fica maravilhoso. A segunda, todas com um pouco de preto, acompanham a noite, com qualquer roupa de qualquer cor.


As grandes pulseiras, como já ditas no post, podem ou não vir acompanhadas de pedras, e a coloração tem grande influência no horário que vai usá-las. Eu simplesmente adoro, e dependendo da pulseira, pode até realçar o seu esmalte.


Dica: Gente, eu amo esses saquinhos, eles deixam tudo super organizado! Tem sempre aquela embolação de joia dentro do compartimento que você guarda, e é super chato desembolar tudo isso. Normalmente, a própria pessoa que vende, entrega a joia acompanhada desses saquinhos que podem ser de pano ou plástico mesmo.

Espero que tenham gostado, estou ansiosa para novos posts e com várias idéias. Digam se tiverem gostado e já já estou aqui novamente. Beijos, Glicilla Paloma :*

Qual bolo escolher para o meu/seu aniversário?


Boa tarde! Gente, faz muito tempo (acho que desde os meus 15 anos) que não atualizo a tag 'Guia: Festa 15 anos', mas hoje voltei pra mostrar bolos maravilhosos e saibam que estou com váaarios posts legais pra quem quer fazer uma festa de 15, ou até mesmo 18 anos!

Esse ano eu faço 18 anos e estou pegando algumas inspirações, então aproveitei pra postar aqui tudinho pra ajudar vocês que também estão planejando uma festa; seja mais simples ou mais elaborada! Agora vamos aos bolos mais lindos da vida? Queria todos!!






Todos tão lindos né? Quando vejo bolos assim dá vontade de fazer todos e comer <3 Separei essas inspirações com muito carinho e espero que tenha ajudado vocês! Fiquem de olho que vai ter posts com ideias para cupcakes, vestidos, festas básicas, e muita coisa! Beijos, Carine.

Resenha: Batom Ruby Woo da MAC

30/01/15


Todo mundo sabe que eu amo batom, então nada melhor do que eu fazer resenha dos que eu tenho né? Hoje é dia de resenha do batom vermelho divino Ruby Woo da MAC. Simplesmente um dos meus favoritos, então não podia deixar de resenhar pra vocês!

Minha irmã comprou ele na Sephora, e sim, a gente custou a decidir fazer essa comprar porque era muito pra investir em um só batom. Pensamos muito (principalmente ela, porque se me lembro ela pagou tudo), mas acabamos decidindo comprar porque todo mundo que tinha amava o batom, então não seria um investimento ruim.


Vocês já devem saber que o Ruby Woo é matte, mas gente, quando falo matte, ele está no topo dos batons mattes hahahaha Ele é bem sequinho, e pra quem não é acostumada acaba talvez até incomodando um pouco, porque garanto que é um pouco estranho no início (pelo menos pra mim). E olha, a duração é extremamente incrível!!!! Fico chocada de ver que ele dura horas na boca mesmo comendo/bebendo.

A aplicação do batom não é lá das mais fáceis por ser matte, requer um pouco mais de precisão na hora de aplicar. Mas o batom é tão incrível que a 'dificuldade' de aplicá-lo não vai interferir na compra! A cor é incrível, o efeito matte maravilhoso, e a duração é perfeita! Se você procura por algo de qualidade, esse é o batom.


O que acharam da resenha? Eu AMO esse batom, e recomendo muito a compra! Sempre que eu tiver batons diferentes vou fazer a resenha pra vocês, porque é sempre bom ter uma opinião real dos produtos né? Estou amando fazer posts desse estilo! <3

O batom foi comprado na loja online da Sephora, e custou 66 reais. O preço é alto, mas pra quem pode investir é uma boa! E ah, se você conseguir alguém pra trazer dos EUA pra você é melhor ainda, lá ele sai por uns 40 reais! Até a próxima resenha! Beijos, Carine.

Livro: Uma Razão para Respirar

29/01/15

Sinopse:"Na cidade de Weslyn, Connecticut, onde a maioria das pessoas se preocupa em ver e ser vista, Emma Thomas preferia não ser percebida de forma alguma. Ela está mais preocupada em fingir perfeição enquanto puxa as mangas da blusa para baixo para esconder as marcas roxas, não querendo que ninguém perceba quão longe da perfeição ela realmente está. Sem esperar, ela encontra o amor. O amor a desafia a reconhecer seu valor, mas correndo o risco de revelar o terrível segredo que esconde. O livro "Uma razão para respirar" é eletrizante da primeira à última página; uma história ímpar sobre mudança, crueldade inesperada e uma garota se agarrando à frágil esperança. Uma Razão para respirar não é só um romance é um livro que aborda a violência doméstica e todos os dilemas que as crianças e adolescentes que passam por isso precisam enfrentar. A personagem principal vive esta realidade e tenta tornar-se invisível para que as pessoas a sua volta não a percebam. E por meio da amizade e amor ela tenta superar cada dia doloroso até que consiga escapar desta rotina. Uma história forte, emocionante, dura, real, meiga, triste e doce ao mesmo tempo, que vai mexer com os sentimentos do leitor. Uma leitura envolvente do inicio ao fim".

Emma desde pequena descobriu o significado de abandono e rejeição, órfã de pai e rejeitada pela a mãe, ela ainda sofre violência e humilhação vindo de sua tia. Ela se vê na obrigação de morar num ambiente onde não há amor.
Na escola, o futebol e sua amiga Saram era as únicas fugas da realidade que Emma tinha além da tão sonhada faculdade, que seria a chave para a liberdade. Seu mundo é literalmente virado quando Evan Mathews  chega na escola, fazendo-a rever suas prioridades na vida e finalmente encontrando o amor.

Rebecca Donovan nos dá um vislumbre  de como é a vida de quem sofre violência domestica e nos faz refletir que pode haver varias "Emma" perto de nós, Uma Razão para Respirar é triste, forte, emocionante, e lindo. Compensa muito ler pois, a história não gira em torno de um romance como vários outros, o tema principal é sobre a violência vivida em casa e como o amor prevalece em tantas tempestades.

Espero que gostem,
Bjs, Luiza

Resenha: Fique Onde Está e Então Corra

26/01/15

Título: Fique Onde Está e Então Corra
Autor: John Boyne
Sinopse: Em meio às tragédias da Primeira Guerra Mundial, o amor é a única arma de um garoto para curar seu pai. Alfie Summerfield nunca se esqueceu de seu aniversário de cinco anos. Quase nenhum amigo dele pôde ir à festa, e os adultos pareciam preocupados — enquanto alguns tentavam se convencer de que tudo estaria resolvido antes do Natal, sua avó não parava de repetir que eles estavam todos perdidos. Alfie ainda não entendia direito o que estava acontecendo, mas a Primeira Guerra Mundial tinha acabado de começar. Seu pai logo se alistou para o combate, e depois de quatro longos anos Alfie já não recebia mais notícias de seu paradeiro. Até que um dia o garoto descobre uma pista indicando que talvez o pai estivesse mais perto do que ele imaginava. Determinado, Alfie mobilizará todas suas forças para trazê-lo de volta para casa. (skoob)
Este livro não foi um dos meus favoritos lidos recentemente, mais por motivos de escrita do que de enredo. O autor demora um pouco para começar a história, deixando o começo chatinho. No início do livro, Boyne escreve muitos detalhes que parecem ser desnecessários sobre os vizinhos de Alfie. No entanto, alguns deles se encaixam na história mais adiante.

A história, apesar disso, é bem estruturada. Os fatos são claros e diretos, não deixando dúvidas. Isso se tornou muito importante durante o livro, uma vez que a escrita tende a ser mais complexa que o outro livro do autor, O Menino do Pijama Listrado. Além disso, como a história possui um ar de mistério, é crucial a clareza à medida que os fatos são apresentados.

A partir do capítulo sete, eu senti que a história deixou de ser tão parada e o autor começou a revelar informações relevantes para o rumo que ela iria tomar. O livro me prendeu de leve, mas nada tão surpreendente.

Há uma descoberta importante que fará a história chegar na sua conclusão. Sinto que essa descoberta me deixou com um leve desespero e ansiedade para que Alfie concluísse sua missão. Porém, quando o livro chegou ao seu final, a sensação era de que não havia realmente acabado. Achei bem mamãozinho com açúcar.

"Pela melhor razão do mundo - ele explicou - Por amor."

Espero que gostem :)
xoxo, Natália